Desafios de gestão de custo de pedágio de uma frota de caminhões

Todos os dias milhares de motoristas lotam as rodovias do Brasil inteiro transportando os mais diversos tipos de produtos – desde cargas vivas, produtos perecíveis e matéria prima, até produtos industrializados. As rodovias brasileiras estão lotadas de caminhões e motoristas dedicados a fazer entregas e doar parte de suas vidas para que o consumidor tenha acesso aos mais diferentes mercados.

O desenvolvimento da indústria e da agricultura no país auxilia no crescimento do faturamento do setor do transporte rodoviário, que voltou a apresentar aumento em 2017 depois da queda no volume de serviços no ano anterior. Para os caminhoneiros autônomos, oportunidade de aumentar a renda familiar conseguindo fretes mais vantajosos. Para quem é responsável por gerir uma frota de caminhões, surgem mais desafios na gestão de custo de pedágio, já que é preciso monitorar as mais diversas rotas para os variados produtos e motoristas.

Quando o empresário vai lidar com o custo do transporte de determinada carga, precisa colocar na ponta do lápis a quantidade de combustível, gastos com alimentação e hospedagem do motorista, quando necessário, e o gasto com pedágios exerce papel determinante na planilha de custos. Administrar uma frota de caminhões, seja em uma transportadora ou trabalhando no setor de logística de determinada empresa, exige controle e organização para evitar perdas financeiras, desperdício de tempo e até mesmo problemas na gestão de pessoas.

O ideal é que o gestor da frota pense na rota que seus caminhões irão percorrer e qual o tempo necessário para chegar ao destino. Delimitar os percursos que devem ser seguidos pelos motoristas é uma forma eficaz de economizar tempo, combustível e dinheiro e otimizar todo o sistema de logística. O planejamento da melhor rota ajuda a evitar custos desnecessários e melhora o serviço prestado pela empresa ou transportadora.

Para pagar os pedágios dê preferência para os cartões automáticos. Além de agilizar a passagem dos veículos nas praças, evitando a perda de tempo em filas que às vezes podem se estender por quilômetros, os cartões automáticos facilitam a gestão financeira da empresa e do setor de transporte e, também, evita que o empresário precise ressarcir ou dar o dinheiro em mãos para o motorista. Além disso, vale pesquisar quais empresas oferecem este tipo de serviço com descontos para quem contratar o cartão para mais de um veículo. É uma forma mais eficaz de administrar todo o sistema, manter o controle e a organização dos gastos com pedágio e evita problemas que podem trazer prejuízos financeiros.

Avalie quais são as melhores rodovias para levar sua carga até o destino final, levando em conta as condições da estrada, o fluxo de veículos e o tempo necessário para que o motorista consiga passar pelos pontos de maior movimento. É normal que muitos empresários pensem em evitar rodovias pedagiadas, tentando reduzir o custo com transporte. Mas também vale a pena estudar as condições das vias alternativas.

Muitas vezes escolher uma estrada que não seja administrada por uma concessionária significa submeter os caminhões a condições extremas, com buracos, lama e estradas perigosas, o que pode levar os veículos a apresentarem problemas mecânicos ou até mesmo se envolver em acidentes. Por isso, é importante que o gestor da frota estude se os gastos com pedágio não podem ajudar a evitar problemas mais graves e incluir esses valores na planilha de custos é uma forma de manter o controle financeiro na parte logística do serviço.

O planejamento da rota também deve levar em conta as restrições de cada cliente. O cálculo errado do tempo que o motorista ficará na estrada pode fazer com que sua carga chegue em um horário inapropriado, que vai impedir ou limitar o descarregamento. Assim, existe o risco de mais gastos com novas entregas ou devoluções, o que certamente vai gerar prejuízos inesperados.

Gestão de pedágio

Apesar de parecer um cálculo simples, entender quanto será gasto com pedágios é uma tarefa bem mais complexa. As rodovias brasileiras são administradas por diferentes empresas e a tarifa cobrada por cada uma delas varia bastante por uma série de fatores – desde os custos com manutenção, até ajuda dos governos estaduais e federal para manter as estradas em boas condições de uso. Além disso, por contrato, a maioria das concessionárias tem direito de aumentar o valor cobrado no pedágio pelo menos uma vez por ano e essa data varia dependendo do contrato.

Portanto, imagine um gestor de frota de caminhões ter que monitorar todas essas mudanças nas inúmeras praças espalhadas pelo país. Descobrir quais são as praças de pedágio em todos os trajetos e monitorar o valor cobrado em cada uma delas não é tarefa simples. Por isso, vale a pena avaliar uma gestão de pedágios especializada, que oferece esse tipo de monitoramento constante e garante que seus veículos não pagarão nenhum centavo a mais em pedágios do que estava no planejamento inicial.

Empresas especializadas em gestão de pedágios estão cadastradas nas mais diferentes concessionárias espalhadas pelo país e podem oferecer em tempo real os valores cobrados por cada empresa em cada ponto de todas as rodovias que passam pelo país. Por isso, montar o planejamento da rota e acionar uma empresa de gestão de pedágios pode facilitar no cálculo de quanto cada veículo vai gastar em cada viagem. As melhores empresas neste setor oferecem também aplicativos e produtos corporativos que auxiliam neste trabalho, ajudando na auditoria mensal dos gastos com os cartões automáticos de pedágio e também oferecendo a integração entre diferentes sistemas de cálculos de rotas em grande escala.

Administrar uma empresa exige diferentes habilidades e foco em determinados aspectos que não podem ser encontrados em outras áreas. Por isso, no caso de transportadores e empresas de logística, encontrar um serviço que facilite o planejamento dos gastos com pedágio pode ajudar o empresário a focar na administração de outras áreas do negócio. Otimizar o tempo e encontrar ferramentas de gestão que agilizem as tomadas de decisões e auxiliem na montagem da planilha de custos é um investimento fundamental para o sucesso dentro deste setor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *